Chegando ao hotel

5 dicas para aproveitar a hospedagem em Sumaré

A história do município de Sumaré começa no século XVIII e ganha força em 1875, quando a região ganhou uma estação férrea e começou a se desenvolver. Seu nome, que lhe foi dado em 1944, vem de uma espécie de orquídea muito comum na região. Nos últimos anos a cidade cresceu muito, mas ainda mantém as características aconchegantes, com praças e espaços de convivência arborizados e agradáveis.

Hotel em SumaréPowered by Rock Convert

A cidade pertence ao circuíto da ciência e tecnologia, que abrange outros 10 municípios da região que desenvolvem pesquisa em biologia, agricultura, pecuária, comunicações, zootecnia, informação e tecnologia em alimentos. O fruto dessas pesquisas são jardins botânicos e parques, além de indústrias de tecnologia e museus, observatórios e fazendas históricas.

Essa cidade cheia de variedades é um ótimo destino para viajantes que passam por São Paulo. Se você pretende se hospedar em Sumaré, não deixe de conferir algumas atrações para passeios que separamos, para que você aproveite a estadia da melhor forma possível!

Represa Marcelo Pedroni

Um bom passeio pela cidade é ir até a Represa, que atualmente serve como uma das três fontes de abastecimento do município. Em 2005 ela passou por uma reforma e atualmente conta com infraestrutura como estacionamento, banheiro, área para shows e espaços para pesca. Durante os finais de semana chega a receber mil pessoas, que aproveitam o local arborizado para descansar e se divertir.

Paraíso das Águas

Nada melhor do que um Parque Aquático para se refrescar. O Paraíso das Águas tem diversas áreas de lazer, além de pesqueiro e quiosques equipados com churrasqueiras, playground e até uma academia.

Horto Florestal

Localizado na Rodovia Teodor Cundiev, o Horto Florestal liga os municípios de Sumaré e Hortolândia. O local é a opção perfeita para quem deseja fazer caminhadas ligadas à natureza, pois conta com diversas trilhas verdes. É possível optar por algumas de percurso rápido, que levam em torno de 10 minutos, e outras mais longas, para quem quer se dedicar à atividade durante o dia. No Horto Florestal também está localizado o Viveiro Municipal de Plantas e Mudas.

Casarão Sertãozinho

Construído no período da escravidão, por volta de 1870, o Casarão hoje integra o condomínio Parque da Floresta. A arquitetura singular, de linhas simples, encanta pela história que carrega. O prédio atualmente está em ótimas condições, em decorrência de reformas recentes que preservaram algumas paredes com a pintura original.

Estação Ferroviária

Um local muito interessante para se visitar é a estação férrea, construída em 1875, que provocou o início do desenvolvimento de Sumaré. A linha férrea fazia a conexão entre as fazendas espalhadas pela região e, assim como aconteceu em várias cidades daquele período, o núcleo urbano de Sumaré se estabeleceu no entorno da construção — inclusive, uma das primeiras ruas era chamada de Rua da Estação.

Com uma história que teve início ainda no período colonial e várias atrações, inclusive científicas, Sumaré é um destino cheio de opções! Gostou das dicas para curtir a cidade sem deixar de ir em nenhum ponto turístico e cultural? Qual dos passeios ficou mais animado em fazer? Deixe seu comentário!

Comments are closed.