5 técnicas de gestão de tempo para aumentar a produtividade

Planejar e organizar um evento certamente não é fácil: são profissionais a contratar, preparativos para supervisionar e uma série de compromissos que parece não ter fim. Para completar, parece que o tempo para fazer tudo isso não é o bastante.

Para planejar um evento com sucesso você precisa de boa organização e inteligência emocional, 2 coisas que a má gestão de tempo mata em um instante. O estresse, normalmente alto em um trabalho tão complexo, tende a subir ainda mais, e não só os resultados podem ser seriamente comprometidos, como também a sua saúde.

A boa notícia é que a falta de controle do tempo tem várias soluções possíveis. Veja 5 técnicas que com certeza vão te ajudar a se livrar desse problema:

Crie listas de tarefas

Um dos métodos mais simples de controlar melhor seu tempo é criando listas das tarefas que você precisa realizar a cada dia e segui-las à risca, começando pelas mais importantes. Pode parecer bobagem, mas o simples fato de colocar por escrito o que deve ser feito já torna mais claro na mente os próximos passos durante o dia.

Evite interrupções ao máximo

Jason Fried, um empreendedor de sucesso e palestrante dos Estados Unidos, relaciona a produtividade no trabalho com o nosso sono. Para atingirmos o sono REM, responsável pela “manutenção” do nosso cérebro, é preciso passar por vários estágios do sono. Se você acordar no meio da noite, por exemplo, não voltará depois ao estágio em que estava antes: terá de começar do zero.

Com a nossa atenção é a mesma coisa. Se estiver no meio de uma tarefa e for interrompido, não voltará àquela tarefa com o mesmo nível de concentração, mas terá de começar do zero. O que isso mostra? Que quanto mais interrupções, mais tempo você vai perder voltando ao estado de concentração que permite ser realmente produtivo e, consequentemente, você renderá bem menos.

Hotel em SumaréPowered by Rock Convert

Aposte em técnicas conhecidas

Há muitas técnicas conhecidas, como a Pomodoro, em que a cada 25 minutos de concentração se faz uma pausa de 5 minutos, e após 4 atividades completas se pausa por 15.

Em outra, chamada de “18 Minutos”, tiram-se 5 minutos no início do dia para pensar no que será feito, mais 5 no final para refletir sobre que foi realizado, e 1 minuto ao fim de cada hora da jornada de trabalho para pensar se aquele período foi realmente produtivo.

São várias técnicas diferentes; pesquise sobre elas e procure uma que sirva bem para você.

Crie seu próprio sistema

Pode ser que você perceba que nenhuma das técnicas mais conhecidas seja a certa para você. Nesse caso, o melhor é criar seu próprio sistema, se adaptando à sua rotina. Muitas vezes, seguir princípios e bons hábitos vale mais do que esquemas montados por outras pessoas!

Não seja refém da sua vontade

Independentemente do método que você resolva seguir, é fundamental que não seja refém da sua própria vontade. Se isso acontecer, mesmo a metodologia mais eficaz vai falhar miseravelmente. Por isso, não espere a vontade chegar, seja profissional e faça o que tiver definido para o dia.

Não permita que a falta de tempo  ( ou de controle sobre ele)  impeça que você cumpra seus compromissos e atrapalhe os eventos que organiza. Com essas técnicas de gestão de tempo que apresentamos, você só precisa achar o que funciona melhor no seu caso e começar a agir.

Gostou das técnicas mostradas aqui? Usa alguma outra que não mencionamos? Deixe seu comentário!

Comments are closed.