bebidas-para-eventos-como-escolher-calcular-e-servir.jpeg

Bebidas para eventos: como escolher, calcular e servir?

Ao organizar um evento, é importante que você se dedique a pensar em cada detalhe para que seus convidados se sintam bem e confortáveis durante toda a sua execução. Entre tantos possíveis, uma atenção especial deve ser dada ao buffet, já que ele é um dos pontos que mais chamam a atenção dos convidados, bem como é um dos responsáveis por mantê-los interessados no evento.

Nesse contexto, não importa somente a escolha das comidas, mas também os tipos de bebidas que serão servidas. Além disso, o número de convidados é um ponto que estabelece a quantidade que precisa ser encomendada de cada produto. Dos diversos tipos de evento, os corporativos são os que mais previamente têm estipulado quantos são os participantes, o que contribui para mensurar tudo que será necessário.

Fizemos este post para mostrar como escolher as bebidas para cada evento, como calcular a quantidade certa e qual é a melhor forma de servi-las. Confira!

Como escolher bebidas para eventos?

A escolha das bebidas que serão oferecidas deve levar em conta alguns critérios específicos para diminuir as chances de erro.

Pense no perfil da ocasião

Um primeiro ponto para definir quais bebidas serão servidas é pensar no perfil do evento. Festas mais formais pedirão bebidas mais sofisticadas, que atendam ao gosto dos participantes. Já em encontros mais casuais, pode-se optar por bebidas e drinks mais simples.

Além disso, é preciso pensar também na harmonização das bebidas alcoólicas com a comida que será servida. Em caso de refeições completas, pode ser de bom tom servir um vinho como acompanhamento, seguindo as combinações para cada um dos tipos da bebida.

Licores também podem ser servidos pensando em harmonização com a sobremesa. Em caso de petiscos e refeições mais leves, pode-se usar bebidas como cerveja, frisantes e outras bebidas mais suaves.

Drinks podem ser uma sacada curinga que servem para ambos os perfis. Além disso, caso seja uma festa mais dançante, pode também ser incluído o uso de energéticos. Independentemente do perfil do evento, essas três bebidas não podem faltar em qualquer buffet: água (com e sem gás), refrigerantes e sucos, pois são neutras e servem pessoas de todas as idades.

Considere a época do ano

Caso você vá fazer o evento em um período mais frio (outono-inverno), é uma boa ideia escolher bebidas quentes, como conhaque, vinhos, whisky, vodka, entre outros. Isso porque bebidas destiladas costumam esquentar mais facilmente os convidados.

Caso a reunião seja em um período mais quente, bebidas mais refrescantes, como cerveja e drinks gelados, são as melhores opções, já que seus convidados tendem a sentir mais calor e a buscar bebidas que saciem mais rapidamente a sede.

Como calcular a quantidade ideal?

Para saber a quantidade de bebida que deve ser adquirida é interessante que você saiba de antemão o número de convidados confirmados para o evento. Esse cálculo é de extrema importância, pois, caso faltem bebidas, será muito desconfortável e deselegante para os convidados.

Eventos corporativos conseguem prever com mais facilidade quantos são os convidados durante os primeiros contatos das negociações com buffets e demais fornecedores. Além disso, dificilmente esse dado é alterado. Por serem eventos destinados a números exatos de pessoas, contribuem para a definição do cardápio desde início do planejamento. Um cálculo-base para um evento de 4 horas de duração é o seguinte:

  • 600ml de refrigerante por convidado;
  • 600ml de suco por convidado;
  • 200ml de água por convidado;
  • 01 garrafa de cerveja (600ml) por convidado;
  • 4 litros de drinks de frutas para cada 20 convidados;
  • 01 garrafa de vinho para um grupo de 3 convidados;
  • 01 garrafa de espumante para 7 convidados;
  • 01 garrafa de vodka para cada 3 convidados;
  • 01 garrafa de whisky para cada 10 convidados.

É importante lembrar que, independentemente do porte do evento, se a duração for maior, deve-se aumentar proporcionalmente os valores, considerando as quantidades para cada convidado e que serão ofertadas todas as opções listadas.

A escolha das bebidas para eventos deve ser pensada visando a um resultado eficaz e condizente com a necessidade e a formalidade da ocasião. Se a opção para 50 participantes for a de servir 5 diferentes tipos de bebidas, a quantidade de cada uma delas será menor do que se fossem ofertadas apenas 3 variedades.

Uma outra informação que pode auxiliar no cálculo das bebidas é ter o conhecimento da faixa etária dos integrantes do evento. Pessoas mais jovens tendem a ingerir mais bebidas alcoólicas se comparadas às mais velhas — até mesmo seus gostos são distintos. Enquanto o primeiro grupo opta por cerveja e destilados, o segundo costuma consumir mais vinhos e whiskys.

Como servir adequadamente as bebidas?

Cada tipo de evento requer uma forma de dispor as bebidas. A maneira como os produtos são ofertados pode indicar um teor mais ou menos formal para a ocasião.

Em seminários ou workshops, quando existem pequenas pausas para lanches, é muito comum a escolha do buffet americano. Nesse caso, os convidados vão até uma mesa na qual são postos os petiscos que podem ser consumidos com as mãos (como canapés e pequenos salgados). As bebidas, por sua vez, ficam dispostas em jarros ou suqueiras para que os próprios participantes possam se servir.

Os eventos com a opção de coquetel, costumam ter garçons oferecendo a maioria das bebidas, podendo, alguns dos tipos, serem requisitadas no bar ou estarem postas às mesas dos convidados (em casos que a eventualidade conte com a presença do mobiliário).

Os jantares, por sua vez, contam com copeiros para a oferta de todos os tipos de bebidas em cada uma das mesas. Além de contar com pratos completos, é possível que tenha um coquetel como entrada. Via de regra, segue-se a seguinte disposição, podendo variar de acordo com o cerimonial e perfil da festa:

  • água: disposta em jarros, podendo ser deixada na mesa ou ofertado por garçons;
  • sucos e refrigerantes: também em jarras ou em copos já completos sendo servidos por garçons durante o evento;
  • energéticos: servidos no bar;
  • cervejas: servidas no bar ou diretamente nas mesas, entregues pelo garçom (em alguns casos, são deixadas as garrafas nas mesas dos convidados);
  • vinhos: deixadas as garrafas com os convidados na mesa (em caso de jantar) ou servidos pelos garçons;
  • espumante e champanhe: servido pelos garçons ou deixadas as garrafas nas mesas dos convidados;
  • destilados: servidos no bar (sendo comum que, apenas a garrafa de whisky seja deixada na mesa dos convidados);
  • licores: mesas de café da manhã ou entregues pelos garçons no momento da sobremesa;
  • drinks: servidos no bar.

De modo geral, o teor de formalidade de um evento está ligado à estruturação do serviço de alimentos e bebidas. É considerado um evento mais formal se os convidados são servidos à mesa, com pratos mais elaborados e diversos tipos de bebidas, por exemplo. Enquanto um evento mais informal conta com a disposição dos produtos em uma mesa, em que o próprio convidado se serve.

Gostou das dicas? Foram suficientes para nortear suas escolhas de bebidas para eventos dos diferentes tipos? Então, que tal curtir nossa página no Facebook? Com isso, você terá acesso a orientações como essas assim que publicarmos. Esperamos poder contribuir com suas decisões e com a excelência de seu trabalho.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.