canais-de-divulgacao-onde-divulgar-seu-evento.jpeg

Canais de divulgação: onde divulgar seu evento?

Um dos parâmetros utilizados para definir o sucesso de um evento é o número de participantes reunidos. Contudo, pode ser difícil chegar à quantidade que desejamos sem usar alguns canais de divulgação.

Os anúncios em jornais, revistas e até mesmo folhetos já não surtem o efeito desejado, além de terem um custo alto e não serem inteiramente direcionados ao público que você deseja alcançar.

Por isso, selecionamos algumas opções de canais online para que você possa iniciar agora mesmo a divulgação do seu próximo evento com recursos efetivos e custo acessível. Confira!

Website do evento

Também conhecidos como hotsites quando desenvolvidos especificamente para um evento, a criação de um website é bastante acessível e simples de ser feita — mesmo para quem não tem conhecimento na área — por meio de editores gratuitos.

O site traz autoridade ao evento, gerando maior confiabilidade e, consequentemente, interesse no seu público-alvo.

Não é necessário criar várias páginas; basta que as principais informações do evento estejam disponíveis de forma clara, objetiva e atrativa.

E-mail marketing para clientes e parceiros

Esqueça esse papo de que o e-mail morreu e não surte mais resultados! Se você tem uma boa base de contatos conquistada por conta de seu produto ou serviço, certamente terá retorno ao divulgar o evento por meio desse tipo de mensagem.

Programe um fluxo de e-mails para engajar seu público e gerar urgência na confirmação de participação, seja ela paga ou não. Informe sobre novas atrações confirmadas, virada de lote e data limite para compras com desconto, entre outros.

Redes sociais têm longo alcance

Se você conhece o tipo de pessoa que quer atrair para seu evento, com certeza sabe qual é a rede social mais utilizada por ela. Seja qual for, utilize todas as ferramentas disponíveis para chegar até seu público.

No caso do Facebook, por exemplo, não deixe de divulgar o evento em sua fanpage. Essa é uma ótima forma de divulgação, além de permitir que aqueles que não seguem você conheçam sua empresa por conta do interesse na ocasião.

Faça postagens regulares com depoimentos, vídeos de bastidores e fotos das edições anteriores, por exemplo. Em resumo: estimule o engajamento do seu público nas redes sociais e, com isso, gere divulgação.

Anúncios pagos também são canais de divulgação

Tanto as redes sociais quanto os mecanismos de busca como o Google oferecem o serviço de anúncios pagos, também conhecidos por Adwords ou Ads. Tais publicações, além de terem custo acessível, ainda permitem segmentar suas campanhas, diferente dos anúncios offline.

Isso significa que, mesmo investindo pouco, aqueles que tiverem acesso à sua propaganda terão muito mais chances de realmente se interessar pelo evento, aumentando sua taxa de conversão.

Apenas para que você tenha uma ideia, a segmentação pode ser feita por localidade, interesses, idade e sexo, por exemplo. Muito mais certeiro, não é mesmo?

Publi ou guestposts e autoridade

Sabemos que os blogs têm alto poder de alcance nos dias de hoje. Aliás, diversos profissionais se tornaram autoridades em suas áreas de atuação por meio dessas ferramentas. Por isso, vale a pena fechar algum tipo de parceria com essas pessoas.

Procure por blogueiros que sejam referência no assunto que será abordado em seu evento ou que tenham o mesmo público-alvo que você e proponha parcerias.

Esse tipo de acordo pode ser feito mediante pagamento, como é o caso dos publiposts, ou como uma troca através dos guestposts — ou seja, você publica no blog em questão e o profissional-referência posta no blog de sua empresa.

Essa é uma ótima forma de aumentar o alcance de sua audiência e conseguir mais participantes para o seu evento.

Canais de divulgação para o seu evento não faltam! O importante é saber onde está o seu público-alvo e qual a melhor forma de alcançá-lo. Atualmente, o custo-benefício das ferramentas online é muito melhor do que dos anúncios offline. Por isso, invista nessas estratégias!

Se você já usou canais de divulgação online para um evento, compartilhe com a gente nos comentários. Queremos saber o que mais trouxe resultados!

3-ferramentas-digitais-para-venda-de-ingressos-de-eventos.jpeg

3 ferramentas digitais para venda de ingressos de eventos

As ferramentas para venda de ingressos revolucionaram o trabalho dos produtores de eventos. Hoje em dia, tornou-se uma atividade recorrente realizar compras por meio da internet ou do telefone celular. Este recurso agiliza o processo de entradas antecipadas, permite que a equipe tenha controle do público e auxilia na divulgação do trabalho.

Caso a organização ofereça apenas vendas em pontos presenciais, algumas pessoas podem ter dificuldades de se deslocar até o local. Existe também o receio de enfrentar filas e não contar com as facilidades de parcelamentos comuns aos sites de compras.

Para facilitar o trabalho de vendas de ingressos, é necessário utilizar uma eficiente plataforma digital. Você deseja incluir esse recurso em seu próximo evento e não sabe por onde começar?

Neste artigo, vamos mostrar três exemplos de ferramentas para facilitar a vida dos participantes e aumentar as inscrições em seus eventos. Acompanhe!

1. Controle cada etapa do trabalho com o Sympla

O Sympla é uma das ferramentas digitais mais populares entre os organizadores. Ao publicar um evento, você pode acompanhar um relatório detalhado em tempo real com todas as movimentações do público na página. Este recurso ajuda a perceber quais ações de divulgação foram mais eficientes durante os preparativos.

Como a plataforma possui cadastro, torna-se mais fácil conhecer detalhes sobre os inscritos e gerenciar o público interessado em seu trabalho. A página disponibiliza também um processo de compra seguro com diversas formas de pagamentos, incluindo parcelamentos. Entre os eventos cadastros na plataforma estão shows, festas, cursos, palestras e workshops.

O Sympla permite também que os produtores criem páginas para inscrições em atividades gratuitas. As pessoas interessadas visualizam todas as informações na plataforma e geram um ingresso de acesso ao local. Para eventos grátis, o site não cobra nenhum tipo de taxa. Já para as vendas tradicionais, a taxa de serviço é de 10% por entrada.

2. Utilize os recursos disponíveis no Eventbrite

O Eventbrite trabalha com um sistema simples de cadastro que permite ao usuário iniciar suas vendas em poucos minutos. A plataforma conta atualmente com mais de 600 mil organizadores de eventos inscritos. De qualquer tipo de dispositivo é possível controlar vendas, relatórios e todos os dados envolvendo o trabalho.

O acesso é ilimitado a mais de 15 relatórios e gráficos. O que facilita o planejamento da estrutura do evento, já que você saberá com antecedência o tipo de público que vai receber.

Existem diversas ações oferecidas pelo suporte da plataforma, como o auxílio de marketing para os produtores cadastrados. O usuário pode iniciar o trabalho na ferramenta de forma gratuita e efetuar o pagamento só depois de vender o primeiro ingresso.

Entre os eventos da plataforma estão festas de diversos segmentos, shows em casas noturnas, festivais, blocos de carnaval, palestras e cursos. O valor da taxa de serviço é de 7,99 % do preço do ingresso. A divulgação de inscrições gratuitas não possui cobrança na ferramenta.

3. Saiba como funciona a loja virtual do Shopify

A plataforma oferece ao produtor uma avaliação inicial gratuita durante 14 dias. As vendas são realizadas por meio de uma loja virtual criada no site com diversas ferramentas para gerenciar o procedimento.

Existem modelos profissionais de templates disponíveis. Caso você prefira algo com a cara do seu evento, pode optar também por criar uma página personalizada. Atualmente, o Shopify já ajudou seus clientes a vender mais de 29 bilhões de dólares.

Além de eventos esportivos, shows, teatro e atividades beneficentes, a ferramenta virtual trabalha com vendas de joias, roupas, artesanato e diversos tipos de e-commerce.

Entre os pacotes disponíveis de serviços, o produtor pode optar por atendimento de suporte 24 horas e sete dias por semana. Os preços dos planos variam entre USD 29,00 e USD 299,00.

Agora que você já conhece as facilidades das ferramentas para venda de ingressos, escolha a que melhor se encaixa com seus eventos. Lembre-se de que é necessário se planejar com antecedência, já que cada plataforma possui prazos diferentes para repassar os pagamentos.

E você, tem alguma experiência com vendas em ferramentas digitais que queira compartilhar? Deixe um comentário!

5-dicas-de-linkedin-para-a-divulgacao-de-eventos.jpeg

5 dicas de Linkedin para a divulgação de eventos

O LinkedIn se tornou a rede social dos empresários. Muitos profissionais aderiram essa plataforma com o objetivo de aumentar a interação nos seus negócios e aproveitar as diversas outras funções voltadas para sua empresa.

Com seu crescimento constante e o gigante número de usuários, a rede se transformou em uma excelente ferramenta para o marketing de eventos, proporcionando diversas vantagens na divulgação para o público correto. Por isso, hoje vamos mostrar cinco dicas de LinkedIn para você aproveitar as opções que o site oferece.

1. Planeje detalhadamente o seu evento

Assim como em qualquer projeto, é essencial começar realizando um planejamento adequado. Afinal, este passo te mostra todas as diretrizes certas para realizar o que deseja e atingir a meta estipulada.

Como já sabemos, o LinkedIn é um ótimo site para cerimônias institucionais. No entanto, apesar de tantas ferramentas disponíveis, você precisa colocar no papel todos os detalhes necessários para entender melhor o processo que engloba o seu plano.

Assim, você pode utilizar a rede para fornecer informações complementares, visando atrair seu público e proporcionar uma compreensão mais adequada sobre os conceitos que envolvem seu evento.

2. Aumente a interação com seu público

Você adquire contatos assim que cria uma conta na rede, no entanto isso não significa que todas as suas publicações serão interessantes para eles. Para alcançar as pessoas da forma correta, mesmo aquelas que não fazem parte da sua lista, é necessário criar uma boa interação, estimulando seus leitores a ler e a postar tirando dúvidas ou opinando sobre seu evento.

Mantenha conversas que despertem interesse nos leitores para que você entenda o perfil de cada um e identifique as características de sua audiência.

3. Faça abordagens em grupos

O LinkedIn permite a criação de grupos e, assim, aumenta suas chances de atingir as pessoas certas. Aproveite essa oportunidade para atrair possíveis frequentadores do seu evento.

Além da criação, dá para utilizar grupos existentes para criar vínculos com os participantes e levá-los ao seu perfil, mantendo contatos e parcerias de acordo com suas necessidades.

4. Verifique eventos semelhantes

Você ainda pode verificar as interações que ocorrem em páginas e grupos de eventos semelhantes ao seu. Isso vai demonstrar a expectativa deste tipo de público, fazendo com que possa realizar contatos mais adequados com as pessoas.

Utilize as referências obtidas para traçar perfis e posts que vão ser facilmente aceitos pelos potenciais visitantes do seu evento, afastando possíveis erros no seu relacionamento.

5. Transmita em tempo real

Criar um evento é um grande passo para atrair e cativar pessoas, mas realizar sua transmissão ao vivo vai possibilitar uma relação em tempo real com quem não pôde ir e melhorar a confiança entre você e o seu público. Além disso, traz mais oportunidades de encontrar sua audiência.

Essas dicas de LinkedIn para criar e promover seus eventos vão te ajudar a conquistar mais pessoas e possíveis clientes, permitindo que sua empresa se torne conhecida tanto nessa rede social quanto no mundo online.

Gostou dessas informações? Então, compartilhe com seus amigos nas redes sociais e ajude-os a usar as ferramentas corretas no LinkedIn!

saiba-ja-como-criar-snapchat-geofilters-para-seus-eventos.jpeg

Saiba já como criar Snapchat Geofilters para seus eventos!

No mercado existem muitas ferramentas para o mundo corporativo, especialmente para quem deseja atrair mais pessoas aos eventos criados ou projetos empresariais. Uma das plataformas que oferece muitos recursos e está ganhando espaço entre os empresários é o Snapchat Geofilters.

Com ele, você poderá adquirir muitas opções para alavancar seus eventos e atingir o público desejado, conquistando mais espaço e reconhecimento no mundo online. Por isso, vamos falar sobre o Snapchat Geofilters e os benefícios dele para o seu negócio. Acompanhe!

O que é Snapchat Geofilters?

Se você é usuário do Snapchat, já deve ter se deparado com as molduras que ele permite colocar nas suas fotos ou vídeos. Trata-se do Geofilter ou Filtros Geográficos, armações que mostram cidades, eventos, estabelecimentos e outras figuras, mostrando uma determinada localização. Assim, basta tirar uma foto que possua este recurso e arrastar o dedo para o lado, adicionando a figura que representará o local.

Você pode se divertir ao compartilhar suas imagens preferidas. Além das molduras disponíveis no próprio aplicativo, você pode criar os geofilters customizados. Este recurso é ideal para quem deseja obter um filtro especialmente para o próprio negócio.

Como usar o Snapchat “filtros geográficos” para a empresa?

Existem duas formas de utilizar esses filtros. Se você deseja incorporar este recurso à sua empresa, então a melhor maneira é On Demand (Sob Demanda), pois este método permite que você construa filtros personalizados a uma determinada localização, podendo utilizar a sua logomarca.

O procedimento para criar molduras customizadas é simples, no entanto, é necessário que você entenda algumas regras básicas de design e seja criativo, usando ferramentas que agradam seu gosto e atendam suas necessidades.

Usando o seu editor favorito, é possível criar uma imagem atraente com dimensões que se encaixam no sistema do aplicativo:

  1. Abra a página de filtros do Snapchat e selecione a opção “Create Now”. A imagem deve ter tamanhos apropriados e deve estar no formato PNG;
  2. Na próxima tela, clique em “Upload Geofilter Asset”. Suba a imagem que deseja e preencha todos os campos corretamente. Em seguida, selecione a opção “Click for Event Geofilters”. Defina o fuso horário adequado, colocando o tempo inicial e final;
  3. Pelo mapa, una os pontos que se encontram no local para delimitar o território onde o filtro será validado. Clique em submit para enviar o procedimento para análise. Se aprovado, você poderá desfrutar da sua criação.

Quais as vantagens no uso do Snapchat geofilters?

Engajamento com o público jovem

Os novos aplicativos aproximam a empresa dos clientes mais engajados com a tecnologia e, consequentemente, com um público mais jovem. Por isso, essas ferramentas são excelentes oportunidades para entrar no mercado online, ampliando a sua audiência.

Customização divertida e atual

Com esses filtros, você pode promover eventos e compartilhar com os internautas de maneira mais rápida e eficiente, levando sua marca a ser reconhecida e buscada por novas pessoas. Com o Snapchat Geofilters você poderá alcançar muitas vantagens e se tornar uma marca de renome.

Você já usa o Snapchat? Gostou de conhecer mais sobre os recursos disponíveis? Então, compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais!

entenda-a-importancia-das-redes-sociais-para-o-marketing-de-eventos.jpeg

Entenda a importância das redes sociais para o marketing de eventos

As redes sociais  surgiram como uma ferramenta de comunicação muito importante para as empresas. Recentemente, um estudo realizado por uma plataforma global em tecnologia para eventos, a EventBrit, afirma que dentre os organizadores de eventos, 94% deles usam as redes sociais para divulgação de feiras, cerimônias, festas e outros.

O marketing de eventos vem crescendo de forma considerável e você não pode ficar de fora.

Mas afinal, quais as vantagens de uma estratégia de marketing de eventos?

Com o atual cenário tecnológico, a utilização de redes sociais como o YouTube, Instagram, Twitter e Facebook passou a ganhar relevância em estratégias de marketing, principalmente para dar suporte e sustentação a toda comunicação de eventos.

Com a facilidade de integração e atualização é possível se relacionar com seu público-alvo antes, durante e pós-evento. A partir de métricas disponibilizadas pelas próprias redes sociais é possível medir menções, analisar satisfação dos clientes, verificar compartilhamento de imagens e vídeos relacionados ao seu evento, perceber as expectativas do seu público e claro engajar cada vez mais seus clientes mostrando as ações que sua marca promove.

Seguindo com a estratégia de marketing de eventos você também pode conseguir maior tráfego de visitantes para seu site, uma vez que a pessoa já está conectada a sua Fan Page, sem contar que os gastos com propaganda são muito menores quando se trata de mídia online.

Outra vantagem é a de mídia espontânea que  seu público pode gerar, atualmente, com as ferramentas de geolocalização disponibilizadas pelas próprias redes sociais. Fica mais fácil as pessoas interagirem com seu evento e contarem aos seus amigos onde estão. Fazendo check-in é possível que elas avaliem seu evento e deixem dicas para próximos visitantes, sem contar com possíveis interações ao vivo.

Por que devo investir em marketing de eventos?

A internet tem crescido de forma exponencial na última década e pensando nisso o alcance de pessoas que você pode obter utilizando uma estratégia de marketing digital para seu evento é muito grande.

Nas redes sociais a informação se multiplica de forma muito rápida, facilitando o alcance do seu público-alvo. Outra possibilidade é a de atingir outras pessoas que talvez não se interessassem inicialmente pelo seu evento, por falta de conhecimento ou de necessidade.

Nas redes sociais podemos trabalhar com segmentações, essa estratégia facilita conversar da forma certa no momento certo com cada pessoa. E tratando-se de uma rede colaborativa, todos podem colaborar com a criação de conteúdo que passa a acontecer não apenas de forma unilateral, ou seja, a opinião das pessoas que você impactar pode te ajudar na elaboração de mais conteúdo, cada vez mais interessante.

São nas redes sociais que as pessoas registram seus momentos e guardam suas lembranças. Existem muitas possibilidades e inúmeras opções de redes, pense sempre em estar onde seu publico está, desta forma, vai conversar com ele, da mesma forma que ele conversa com seus amigos e  faz contato com seus familiares. Assim aumentará consideravelmente sua capilaridade e capacidade de comunicação.

Pensando nisso, que tal começar colocar em prática uma estratégia de marketing de eventos? Compartilhe este post nas redes sociais e ajude outras pessoas!

Divulgação_de_eventos.jpg.jpeg

Divulgação de eventos: 5 dicas para ter os melhores resultados

Para realizar um evento corporativo, seja ele grande ou pequeno, todo organizador precisa caprichar na divulgação. Essa etapa nada mais é do que uma antecipação das novidades ao público de interesse, com a finalidade de atrair o máximo de pessoas para compartilharem o momento.

Cada vez mais incluída nesse processo, a internet trouxe para o mercado novas ferramentas, todas elas capazes de alcançar um número maior de pessoas para determinada programação. Quer saber como utilizá-las nos seus negócios? Então confira 5 dicas para aplicar na divulgação de eventos!

Como melhorar os resultados na divulgação de eventos

Quem se preocupa com resultados sabe que criar um bom plano de divulgação não precisa ser algo complicado e cheio de mistérios. Para ter sucesso, basta apenas entender que essa tarefa também deve ser feita com base em um planejamento.

Se você anda tendo dificuldades nessa etapa inicial, confira nossas orientações que podem ajudar a evitar erros comuns durante a divulgação de um evento corporativo.

Defina um público

Conhecer o perfil de pessoa interessada no seu tipo de evento é uma ação fundamental para filtrar a divulgação e usar os recursos corretos. Sendo assim, foque em um público específico e que trará a certeza de bons resultados. Faça pesquisas e enquetes sobre os interesses dessas pessoas e observe quais são os meios de contato mais utilizados por elas. A partir dessas informações, você saberá quem quer atingir e por qual ferramenta irá fazê-lo.

Use linguagem clara e correta

Independentemente de a divulgação ser feita por meio de uma fala no rádio ou pela escrita em um blog, é essencial que ela tenha qualidade de linguagem. As pessoas valorizam muito o modo com que um representante de eventos se comunica; portanto, faça revisões e melhore o conteúdo do seu marketing sempre que necessário.

Ofereça o máximo de informações

Quando uma pessoa se interessa pelo seu evento, ela irá procurar formas de entrar em contato para receber mais informações e confirmar aspectos como horário, data e local da atividade. Se você não deixa bem claro esses dados na sua divulgação, certamente perderá a credibilidade e a oportunidade de fazer novos parceiros.

Quais são as melhores formas de divulgar o seu evento

Marketing tradicional com papéis impressos ou compartilhamento nas redes? Independentemente do método escolhido, é importante que você saiba aproveitá-lo ao máximo. Veja os principais recursos e vantagens obtidas em 5 meios de divulgação:

Mídia impressa

Divulgue informações e detalhes do seu evento corporativo em mídias como jornal, revistas, folhetos e catálogos impressos. Cartazes maiores podem ser colocados em murais de empresas e instituições, dependendo do público a ser atingido. Investir em um material atrativo e com layout agradável é uma forma valiosa de prender a atenção do observador.

E-mail marketing

Em cada evento ou atividade que realizar, organize uma espécie de lista de chamada para que os participantes deixem o seu e-mail para contato. Contar com uma tabela atualizada de dados de pessoas pode ser o que você precisa para alcançar o público desejado e que já conhece seu trabalho. A partir dela, você poderá enviar conteúdos e atualizações importantes sobre futuros eventos aos interessados.

Blog e site

Considere manter um blog ou site para compartilhar as informações dos seus eventos. Essa é uma forma interessante de manter o público fiel em contato, além de oferecer material relevante para os leitores.

Redes sociais

Redes como Facebook e Twitter têm sido bastante utilizadas por empreendedores para a divulgação de eventos corporativos, especialmente quando o objetivo é atingir o público jovem. Com elas, você tem o benefício de selecionar grupos e perfis específicos para alcance e ainda criar enquetes para identificação dos interesses em geral.

Reuniões e palestras

Muitas vezes esquecidas, as reuniões e palestras da empresa também podem ser aproveitadas como uma ferramenta de divulgação de eventos. No diálogo presencial você consegue captar melhor as expectativas dos participantes sobre os novos encontros. Ainda, o contato direto facilita o esclarecimento de dúvidas e apontamento de sugestões, o que não deixa nenhum detalhe passar batido.

Quer receber mais dicas como essas? Então curta a nossa página no Facebook!

Como_promover_evento_utilizando_as_redes_sociais.jpg.jpeg

Como promover evento utilizando as redes sociais?

Entre as mil e uma utilidades das redes sociais para as empresas está a possibilidade de promover eventos com sucesso. Afinal, as pessoas estão o tempo todo conectadas nesses ambientes, ansiosas para compartilhar com seus amigos e conhecidos o que vão fazer e onde estarão nos próximos dias.

Mas como fazer uso dessas ferramentas de maneira a tirar o maior proveito possível na divulgação do seu evento? É o que vamos ensinar no post de hoje:

Como as redes sociais são boas para promover eventos?

Antes de tudo, é preciso lembrar que cada uma funciona de forma diferente. Logo, as estratégias também devem mudar, pois o que traz muitos resultados em uma pode ser um fracasso total em outra. Veja as diferenças:

Twitter

O Twitter é uma excelente espaço para alcançar pessoas que têm influência na comunidade (os formadores de opinião), sejam profissionais de comunicação, referências no mercado ou celebridades. Assim, é bom usá-lo ao promover eventos para mais de 1.000 pessoas, pois essas personalidades vão dar bastante projeção ao seu comunicado.

Facebook

Já o Facebook, por ser centrado nas nossas relações pessoais, é mais indicado para promover eventos sociais, como festas, acontecimentos esportivos e shows. Existe até um recurso para criar eventos públicos na rede social. Depois de criá-lo, coloque detalhes e imagens para aumentar as confirmações de presença.

Google+

O Google+ pode ser usado tanto para ocasiões sociais quanto profissionais, devido à sua segmentação de público. Isso porque a rede social funciona por uma lógica de “círculos”: amigos pessoais em um, colegas de trabalho em outro, etc. Assim, basta caprichar na página e convidar as pessoas do círculo certo.

Instagram

Publicar fotos intrigantes no Instagram pode ser uma estratégia e tanto para instigar a curiosidade dos convidados. Seja numa ocasião social ou profissional, postar fotos dos preparativos e dar pequenas dicas do que virá são ótimas formas de promovê-la.

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social profissional, por isso faz mais sentido usá-la para promover eventos corporativos, como workshops, feiras e palestras. Além de deixar a sua página com um aspecto profissional, divulgue apenas em grupos que se relacionam com seu tema.

Como promover seu evento nas redes sociais?

Depois de identificar qual é a rede mais indicada para você fazer a divulgação do seu evento, é preciso apostar em boas práticas, que te ajudem a ganhar mais visibilidade. Veja algumas delas:

Crie hashtags

As famosas hashtags são ótimas para aumentar o alcance do evento e coletar feedback do público. Porém, não transforme todas as palavras em hashtags: seja simples e objetivo. Eventos como a Campus Party e a Comic Con Experience encurtaram suas hashtags usando abreviações, como #CPBR e #CCXP, por exemplo. Além de curtas, são únicas e fáceis de entender.

Defina um responsável pela promoção do evento

Se certifique de que haja um profissional competente  — ou mais de um, se possível  —  fazendo a promoção do evento. São muitos canais para usar, cada um com sua própria linguagem e estratégia, e deixar alguém sem qualificação responsável por essa tarefa pode prejudicar o resultado da sua divulgação.

Cubra o evento ao vivo

Cobrir o evento ao vivo nas redes sociais, por meio de fotos, comentários e até vídeos é uma forma excepcional de deixar todos interessados, incluindo quem não pôde estar presente. Assim, essas pessoas se sentirão muito mais propensas a ir na próxima edição.

Continue promovendo após o evento

Coletar o feedback das redes sociais e no próprio local te ajudará a planejar e promover o próximo sem demora. Com isso, cada edição futura terá tudo para ser ainda mais bem-sucedida.

Seguindo essas dicas, você terá ótimos resultados ao promover o seu evento nas redes sociais. Além de garantir que ele seja um sucesso, com isso você também colhe benefícios nas redes da empresa e sente os efeitos positivos por muito tempo depois de o evento acontecer.

Agora que você já sabe promover seu evento usando as redes sociais, veja também 6 passos para elaborar um relatório de qualidade ao fim do evento!

Quarto hotel luxo

Como fazer uma pesquisa de hotel online e saber se ele é confiável

Ao reservar um hotel para suas férias ou para um evento de sua empresa, tudo o que você não quer é chegar ao local e ter suas expectativas totalmente frustradas, não é? Uma escolha de hotel mal sucedida pode estragar as férias de qualquer um ou até comprometer sua reputação profissional, caso você esteja organizando um evento corporativo. Felizmente, a internet está aqui para facilitar sua pesquisa e evitar dores de cabeça desnecessárias. Para saber como fazer uma pesquisa de hotel online e saber se ele é confiável, confira nosso post de hoje!

Visite o site do hotel

É importante começar sua pesquisa pelo próprio site do hotel, onde você deve observar com cuidado todos os detalhes, fotos, localização, distância dos lugares que você vai frequentar e serviços prometidos. A partir dos dados publicados pelo estabelecimento, você poderá compará-los com as informações encontradas em outros sites da internet. Tudo o que for publicado pelo hotel também servirá de base para alguma eventual reclamação, em caso de propaganda enganosa.

Pergunte ao Google

Na janela de pesquisa do Google, digite o nome do hotel e acrescente palavras como “queixas” ou “reclamações”. A busca vai localizar qualquer comentário negativo, queixa ou reclamação de hóspedes que tenham sido publicados em sites de denúncia, como o Reclame Aqui. Analise as reclamações com isenção, para saber se são justas ou não.

Confira comentários e fotos de hóspedes em sites de resenha

Você não deve contar só com relatos de jornalistas, guias de viagem ou agências para saber se um hotel é bom. Lembre-se de que opiniões de profissionais do ramo do turismo nem sempre são objetivas, pois eles recebem a estadia gratuitamente e costumam ter até outras vantagens dos hotéis para que possam falar bem dos estabelecimentos.

Nada melhor do que ler comentários reais, de pessoas comuns que se hospedaram nos hotéis e que não estão ganhando nada para comentar. Para isso, há sites como o Booking.com, o Hostelworld.com (para hostels) e o Trivago.com. Visite também o TripAdvisor, pioneiro entre eles, mas que tem a desvantagem de aceitar comentários de quem não se hospedou — os demais só abrem a seção de comentários para hóspedes reais, depois de ficarem no hotel.

No entanto, você precisa prestar atenção a alguns detalhes importantes ao basear sua pesquisa de hotel em comentários de terceiros:

Proporção

Observe a proporção entre a nota e o número de pessoas que comentaram: uma nota 80 entre 400 comentários é mais confiável do que uma nota 100 em 3 comentários apenas.

Palavras

Um hotel classificado como “fabuloso” pelos hóspedes não significa necessariamente que seja um luxuoso cinco estrelas, e sim que o estabelecimento superou expectativas.

Comentários são pessoais e as expectativas das pessoas variam. Um quarto classificado como “aconchegante” para alguns pode ser visto como “apertado e sufocante” para outros.

Objetividade

Seja racional ao analisar comentários negativos. Para alguns, um hotel pode merecer nota baixa porque a TV oferece poucos canais a cabo, mas isso pode não fazer a menor diferença para quem só quer curtir a piscina e a área de lazer e nem vai ligar a TV. Também há casos de quem reclama de detalhes que não dependem do hotel. Quer um exemplo? Um hóspede reservou um hotel à beira-mar sobre um belo rochedo e depois reclamou que o barulho das ondas perturbou seu sono!

Público

Observe a faixa etária de quem comentou. Um ambiente visto como “um oásis de paz” por um casal maduro pode ser “extremamente aborrecido” para um jovem que procura animação.

Tire dúvidas por e-mail ou telefone

É sempre bom fazer um contato direto com o hotel depois da reserva online, tanto para confirmar que a reserva foi realmente efetivada quanto para testar a eficiência e rapidez do estabelecimento na resposta ao hóspede. Pergunte tudo, mesmo que pareçam perguntas óbvias. Assim, você evita transtornos e aborrecimentos durante as férias ou durante o evento sob sua responsabilidade.

Gostou das nossas dicas? Agora você está pronto para escolher o melhor hotel para você! Para mais sugestões como essas, curta nossa página no Facebook e acompanhe nossas postagens.

por-que-e-como-conferir-dicas-de-hoteis-na-internet2071

Por que e como conferir dicas de hotéis na internet

A evolução da internet tem permitido às pessoas novas maneiras de se conectar, e, dentre muitas outras funcionalidades, também auxilia na busca por atividades de lazer, viagens, hospedagem e serviços de turismo. Pensando nisso, sites como o Booking e o Trip Advisor surgiram como alternativas mais simples e eficazes na hora de selecionar dicas de hotéis. Já se foi o tempo onde era necessário ler resenhas em revistas ou navegar entre muitos sites para encontrar o melhor ambiente para tirar férias ou até mesmo para se acomodar durante uma viagem ou evento de trabalho. Então, com essas páginas, muitas pessoas têm escolhido onde se hospedar a partir das resenhas feitas por quem já testou o serviço dos hotéis.

A maior vantagem é que você pode saber o que cada um deles oferece e como trata seus clientes a partir de opiniões de pessoas como você. É importante, por outro lado, saber como analisar esses comentários, já que nem sempre eles refletem o verdadeiro potencial e atendimento do hotel. Aqui nós te damos algumas dicas práticas de como fazer essa avaliação, para que você possa ter a melhor estadia possível!

Avalie as opiniões dadas

Algumas pessoas apenas emitem suas impressões sobre determinado hotel, enquanto outras trabalham fazendo resenhas de maneira séria e profissional. Antes de tudo, tente identificar por quem foi feito o comentário sobre o hotel em questão. Os especialistas darão suas opiniões de maneira mais geral, levando em consideração aspectos aos quais nem todo hóspede comum presta atenção. Eles costumam fazer a avaliação de hotéis que estejam na moda ou que tenham um preço mais elevado, nem sempre contemplando o que as pessoas “comuns” procuram. Os hotéis avaliados costumam saber da visita dos especialistas, e dessa maneira, o atendimento acaba sendo diferenciado. As opiniões dadas por pessoas comuns, não-profissionais do ramo, dão a você a oportunidade de saber como os hotéis atendem seus hóspedes do dia a dia. Você vai saber como o local funciona a partir da perspectiva de uma pessoa que tem objetivos parecidos com os seus, e elas provavelmente serão muito objetivas no que gostaram ou deixaram de apreciar sobre a estadia.

 

Preste atenção ao número de comentários positivos e negativos

É importante ponderar o volume de comentários sobre o hotel analisado. Pode ser que ele tenha uma resenha de um hóspede bem insatisfeito, enquanto há outras 100 de pessoas que saíram felizes e agradadas pelo serviço. Isso pode ser reflexo de um dia ruim do estabelecimento ou do cliente, indicando que essa conduta de mau atendimento não é de costume do hotel e que ele ainda pode ser considerado como um bom investimento para sua estadia. No entanto, se a maioria dos comentários forem negativos e ainda por cima falarem sempre das mesmas questões, fique atento: o local pode realmente não ter a preocupação em atender bem seus clientes. No caso, hora de procurar outro hotel!

Considere as respostas dadas pelo estabelecimento

Dificilmente você encontrará um hotel que não tenha uma crítica. Nesse caso, é importante analisar que tipo de resposta o lugar dá para seus hóspedes. Se há reclamações e o hotel buscou ressarcir o hóspede descontente de alguma forma, isso é um indicativo de que ele reconhece seus erros e busca maneiras de deixar todos seus clientes satisfeitos (ainda que tenham passado por experiências ruins). De outra forma, se há reclamações e o hotel em nenhum momento dá um parecer sobre a crítica, provavelmente trata-se de um lugar que não coloca o bem-estar de seus hóspedes como prioridade e que também não se preocupa com os possíveis danos à sua reputação.

Para mais dicas de hotéis, curta a nossa fanpage e confira nossas novidades, notícias e informações!

 

(x)-aplicativos-que-irao-te-ajudar-a-fugir-do-transito-de-sao-paulo2073

3 aplicativos que irão te ajudar a fugir do trânsito de São Paulo

O volume de carros na estrada já é enorme em qualquer lugar, e tudo indica que o crescimento não vai parar tão cedo. Filas enormes, buzinas e situações caóticas são corriqueiras, mas quando estamos em nossas cidades já sabemos quais são os horários e locais mais complicados, facilitando uma programação já levando em consideração os fatores do trânsito e saindo mais cedo para encarar as dificuldades do caminho com paciência.

Os problemas maiores começam quando estamos em cidades diferentes, onde não sabemos o ritmo do local. O trânsito de São Paulo é considerado um dos piores do país, e, para as pessoas de fora, é um verdadeiro caos. Além das situações imprevisíveis como acidentes e obras, os visitantes da cidade ficam confusos com ruas, sentidos e caminhos para chegar ao destino.

Pensando nessas situações enfrentadas no dia a dia das cidades, aplicativos que aproveitam o desenvolvimento tecnológico para facilitar a vida das pessoas foram criados, e com o uso deles ficou muito mais simples se deslocar por São Paulo ou qualquer outra cidade. Fizemos uma lista de aplicações que irão ajudar você a escapar do congestionamento e não chegar atrasado aos compromissos. Aproveite para ver qual será mais funcional para suas atividades e fuja do trânsito de São Paulo!

Waze

O Waze vem se popularizando rapidamente no Brasil nos últimos tempos. Ele funciona como uma rede social com GPS que permite a interação dos usuários em tempo real para fornecer informações sobre acidentes, obras, buracos e congestionamentos.

Além das colaborações dos usuários, o aplicativo funciona como um GPS comum, indicando rotas. Quando você programa o caminho, ele vai dar diversas opções, mostrando quais são os problemas que os usuários encontraram em cada uma delas, e você pode trocar a rota escolhida a qualquer momento. Ele apresenta um sistema integrado com o Facebook, Twitter e Foursquare, permitindo o compartilhamento das informações e check-ins entre amigos. O Waze está disponível gratuitamente para aparelhos iOS, Android e Windows Phone.

Wabbers

Também funciona como um serviço colaborativo de interação entre os usuários. O sistema faz a identificação da localização do envio de informação feito pelo smartphone e permite que você faça comentários referentes à situação do trânsito local.

Além de fornecer a melhor alternativa de rota a ser seguida, o Wabbers apresenta uma linha do tempo com as notícias próximas ao seu local, bem como os motivos dos congestionamentos. Android e iOS têm versões gratuitas, e também é possível encontrar as atualizações no website por meio de um mapa de trânsito atualizado com os comentários em tempo real. A qualidade e a quantidade do material dependem diretamente do número de usuários ativos na região em que você se encontra.

Moovit

Ideal para quem utiliza os sistemas de transporte público, o Moovit informa horários e rotas de ônibus, metrô e trem, ajudando os usuários a planejarem suas viagens da melhor forma possível, dinamizando e organizando o tempo e os trajetos.

O aplicativo também pode ser usado para traçar rotas para ir a pé, utilizando o sistema de GPS do seu aparelho para sincronizar o local de onde vai sair até onde pretende chegar. A plataforma utiliza as informações dos usuários sobre atrasos e lotação, mas o feedback não costuma ser muito frequente.

E então, já identificou qual será o aplicativo mais interessante para se deslocar no trânsito de São Paulo de acordo com as suas necessidades? Pondere os recursos e escolha quais irá baixar em seu smartphone. Já usa algum aplicativo? Comente com a gente como ele melhora a experiência de trafegar e desviar dos problemas de São Paulo!